Para algumas mulheres, as bolsas são mais do que apenas um meio de carregar seus pertences pessoais. Algumas ostentam como autoexpressão, são usadas para mostrar sua riqueza ou como um acessório-símbolo de seu status, que demonstra sua individualidade.

Golden November

Quanto mais limitada e exclusiva for, mais alto será seu preço de mercado. Isso é mais correto ainda para bolsas criadas por designers famosos para marcas de luxo e que confeccionam apenas de um a três itens com o design exclusivo.

Tal parceria resulta em bolsas com preços altíssimos, e se o item for decorado com diamantes e outros tipos de jóias, pode ser leiloado por um preço mais alto no futuro.

Conheça agora as principais marcas das bolsas mais caras do mundo.

Quais são as marcas de bolsa de grife?

1. Chanel

Fundada em 1909, a Chanel é referência quando o assunto é elegância, sutileza e estilo clássico.

A Chanel há mais de um século vem sendo uma grife francesa especializada em bens de luxo, alta-costura, acessórios e prêt-à-porter. Entre os exemplares de maior valor, está o modelo Chanel Diamond Forever que custa US$ 261.000 (mais de R$ 1 milhão).

Veja as bolsas Chanel disponíveis

2. Hermès

Fundada em 1837, a Hermès é referência quando se fala em bolsas de luxo. As bolsas da marca são feitas de forma artesanal e usam apenas couros premium.

Entre os modelos mais famosos estão a bolsa Kelly, popularizada pela atriz Grace Kelly, e a Birkin, que teve sua criação inspirada pela atriz Jane Birkin, que precisava de uma bolsa grande e utilitária.

O modelo Hermès Birkin é atemporal e nunca sai de moda, custando a partir de U$ 40 mil, mas podendo chegar a até US$ 222 mil (perto de R$ 1 milhão). Já o modelo Hermès Kelly Rose Gold chega a ser vendido por US$ 2 milhões.

Não é à toa que este é um das bolsas queridinhas das celebridades de todo o mundo.

As marcas de bolsas mais caras do mundo

Veja as bolsas Hermes disponíveis

3. Louis Vuitton

Quando falamos em uma das marcas mais caras de bolsas, temos uma das principais grifes francesas de bolsa, a Louis Vuitton, que foi criada em 1854 e tem o monograma LV associado ao bom gosto e luxo.

As bolsas Louis Vuitton podem chegar a até US$ 220.000 (aproximadamente R$ 898.920,00), que é o valor de um modelo da coleção Cruise.

Veja as bolsas Louis Vuitton disponíveis

4. Judith Leiber

A marca Judith Leiber Couture foi criada em 1963 pela estilista húngaro-americana Judith Leiber.

Cada bolsa da marca é feita artesanalmente com detalhes meticulosos e pedras preciosas colocadas manualmente. Esses diferenciais fazem com que as bolsas Judith Leiber sejam sinônimos de elegância e sofisticação.

A marca é famosa por suas clutchs de cristais e design incomuns, que são item de adoração de celebridades e fashionistas de todo o mundo.

Um dos modelos mais requintados (e caros) da marca, a Leiber Precious Rose,  possui 42 quilates de diamantes, safiras e outras pedras preciosas, tem o preço fixo de US $ 90.000 (aproximadamente R$ 367.700,000).

5. Fendi

A Fendi é uma grife italiana fundada em 1925. Com o tempo a empresa conseguiu destaque na alta costura e na confecção de acessórios de luxo.

O modelo de bolsa Fendi Selleria, feita e couro de chinchila e ziberlina na coloração prata  custa em torno de US $ 28.000 (aproximadamente R$ 114.400.000).

Veja as bolsas Fendi disponíveis

6. Prada

A grife italiana Prada foi fundada em 1913 e, atualmente, tem Miuccia Prada à sua frente.

As bolsas da marca se tornaram as queridinhas das celebridades na década de 1980 e, a partir daí, permanece como um dos modelos mais copiados do mundo.

As bolsas com a assinatura Prada são valorizadas pela originalidade de seu design e também pelo material de alto nível escolhido para a confecção. Possui modelos que podem chegar até U$20.000 (cerca de 100 mil reais).

Veja as bolsas Prada disponíveis

Qual a bolsa de grife mais cara?

  • Louis Vuitton

Considerando as marcas de luxo descritas neste post, a bolsa de grife mais cara são da marca Louis Vuitton.

Golden November

You May Also Like